domingo, 19 de outubro de 2008

Times New Roman


eu
adoro
as palavras
tão bonitas
em seus contornos e reentrâncias
poderia lê-las e tocá-las por horas a fio

e quando, literalmente as cantasse
e alguma fosse, com minha cara, com a minha cara
poderíamos ter um caso
transar a noite toda
&
formarmos,
eu e uma linda palavra,
famílias de proparoxítonas

e passaríamos tardes inteiras passeando em cadernos de caligrafia
imaginando como deveria ser chato morar num livro ou num dicionário
e nunca se aproximar
da língua de ninguém


Eu
brincando com palavras
encontrei um sujeito
Ele
e minha vida transbordou
em verbos...
Aos poucos
apalpo substantivos

por aqui...
Nenhum pronome insubstituível
Eu
Você
Alguém
e o tempo?(...)
não é novo com as palavras


nós adoramos as palavras
como estas ... cantadas, impressas
na página
que

você eu nós

lê leio lemos



Letra da música Times New Roman, de autoria de robssom sete e aline romani.

2 comentários:

Maria Sanguesa disse...

Me encanta este poema sobre las palabras, escritas, cantadas... es muy bueno. Seguiré visitando tu blog. Saludos desde Madrid, y gracias por visitar el mío: María.

Inuyasha disse...

Simplesmente magnifica esta letra. a forma como o autor "brinca" com a palavra e realmente incrivel... palavras estas, tão importantes para o desenvolvimento do nosso povo...